Sergio Rocha: AgTechs,o futuro da inovação.

0
73
Sergio
Sergio

Fundador e CEO da Agrotools, Sergio Rocha, conta sobre o processo de criação da empresa, hoje consolidada como a maior AgTech da América Latina, líder em soluções digitais para o setor e detentora do maior banco de dados do agro do mundo.

A trajetória de Sérgio Rocha teve início de forma modesta, como estagiário na Trading Company Costa Pinto. Ainda no Brasil, absorveu lições valiosas para entender na prática como o agro funcionava. Mas sua busca por conhecimento e novas oportunidades o levaram à Europa, onde aprofundou sua formação em estratégia de negócios e assumiu um cargo de liderança na HEI Emerging Investments, supervisionando operações russas em meio aos desafios da Grande Crise Financeira Internacional de 1998.

“A experiência russa foi um momento crucial na minha carreira, acendendo a minha paixão pela convergência de commodities e tecnologia. Reconhecendo o potencial inexplorado da inteligência de dados no agronegócio, voltei ao Brasil com a visão de revolucionar o setor. Foi nessa época que plantei a semente da Agrotools, impulsionado pela crença de que a tecnologia poderia ser um poderoso catalisador de mudanças na agricultura.” Foram as palavras do CEO da Agrotools em uma entrevista exclusiva à Rocking Talent. 

O que mudou no setor com relação à tecnologia, inovação e dados desde o surgimento da Agrotools?

Uma das principais mudanças trazidas por nós é a integração de várias tecnologias para alcançar uma conectividade perfeita entre os diferentes aspectos do agro. Utilizamos imagens de satélite e dados georreferenciados para monitorar territórios, ao mesmo tempo que empregamos big data e ferramentas de inteligência artificial para gerir e interpretar eficazmente grandes quantidades de informação. Isso permite gerar informações e conhecimentos valiosos, incluindo relatórios ESG, previsões de produtividade e avaliações de risco. Ao aproveitar essas tecnologias, a Agrotools revolucionou a forma como os dados agrícolas são coletados, analisados ​​e utilizados. Encurtamos efetivamente a distância entre grupos tradicionalmente desconectados, como os agricultores e os decisores no mundo organizacional.

Sustentabilidade no agro é um caminho possível? Como você enxerga esse movimento no Brasil?

A sustentabilidade no agro não é apenas um caminho viável; é imperativo para a saúde do nosso planeta a longo prazo e para o bem-estar das gerações futuras. No Brasil, esse movimento em direção à sustentabilidade está ganhando força, e empresas Agtech como a Agrotools estão na vanguarda no desenvolvimento de mudanças positivas.

A crise alimentar global apresenta um desafio complexo que requer soluções sinérgicas de vários setores, incluindo claro, as Agtechs. Na Agrotools, acreditamos em aproveitar o poder da tecnologia moderna para aumentar a eficiência e produtividade do setor, ao mesmo tempo, minimizando o impacto ambiental. Isso envolve monitoramento em tempo real, avaliação de riscos e processamento instantâneo de informações para otimizar as atividades no campo e seu monitoramento.

Além disso, a sustentabilidade na agricultura vai além dos meros números de produção. Abrange considerações éticas, como conformidade com ESG, incluindo o combate ao desmatamento, a erradicação do trabalho escravo e o gerenciamento das pegadas de carbono. 

O que você projeta para o futuro da Agrotools?

Um dos principais fatores que impulsionam nosso crescimento é a adaptabilidade. Dentro do tema de crescimento internacional, entendemos que cada mercado regional e cada Agtech enfrenta desafios únicos que exigem soluções personalizadas. Como empresa brasileira, conhecemos os desafios e oportunidades específicos em nosso espaço agrícola e estamos comprometidos em preencher as lacunas e impulsionar o progresso tanto nacional quanto internacionalmente.

A Agrotools já expandiu as suas fronteiras e está ativamente envolvida em agendas internacionais, particularmente nos Estados Unidos e em toda a América Latina. Estamos colaborando com os stakeholders dessas regiões para levar as nossas soluções inovadoras a novos mercados e apoiar iniciativas de desenvolvimento agrícola.

Além disso, temos orgulho de apoiar importantes projetos governamentais no Brasil. Ao estabelecer parcerias com agências e organizações públicas, estamos contribuindo para o avanço da agricultura sustentável e para a melhoria das iniciativas de segurança alimentar por todo o país.

Quais atividades fora do trabalho mais influenciam a forma como você lidera e empreende?

Além dos limites do trabalho, tenho uma grande paixão pela arte e pela música. E sinto que isso influencia bastante na minha abordagem como líder e empreendedor, sublinhando o papel vital da criatividade em todos os aspectos da vida. Essa exploração criativa se traduz em buscar novas ideias, se adaptar aos desafios e transformar conceitos em realidade. Assim como o processo de criação de arte ou de composição musical, o empreendedorismo exige inovação, resiliência e praticidade.

Quem são as pessoas que te inspiram pessoal e profissionalmente?

Em vez de listar indivíduos ilustres, gostaria de dar o devido crédito aos jovens com quem tenho trabalhado, que realmente me inspiram tanto pessoal quanto profissionalmente. Especificamente, encontro imensa inspiração nas gerações mais jovens, indivíduos caracterizados pelas suas novas perspectivas, pensamento inovador e energia ilimitada. A sua capacidade de desafiar o status quo e pensar fora da caixa é verdadeiramente notável e serve como uma força motriz para a mudança no mundo. 

Qual é o seu legado “rock”?

Acredito que o meu legado reside no impacto transformador que a Agrotools está causando no setor do agro. E isso não diz respeito apenas aos produtos e serviços que fornecemos; trata-se do impacto positivo que estamos causando no mundo. Ao capacitar agricultores, empresas e decisores com as ferramentas e conhecimentos de que necessitam para fazer escolhas informadas e promover práticas sustentáveis, estamos contribuindo para um futuro mais brilhante e mais resiliente para a agricultura e para o nosso planeta como um todo. 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here